doutor_marcelo.gif                                                                                    

anunun-top-preto
                                                                                   250415Dr_Maelly.jpg

 
grupo-transpatente-13-07
 

                                                                                    anunun-top-vermelho

28/05/15 - É preciso ter nível superior para participar de concurso da PCPE

280515pcpe

Para concorrer a uma das vagas a serem abertas no concurso público da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE), anunciado pelo Governo do Estado no início de maio de 2015, é preciso ter nível superior. Segundo o Centro Integrado de Comunicação da Secretaria de Defesa Social (SDS), tanto os cargos de agente de polícia e escrivão exigem graduação em qualquer curso superior em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Para se preparar bem para concurso: Acesse http://online.focusconcursos.com.br/

De acordo com o gerente Geral de Articulação e Integração Institucional e Comunitária da SDS, Manoel Caetano, a determinação é explícita no artigo 11 da Lei Complementar nº. 137, de 31 de dezembro de 2008. O único cargo que permite nível médio de instrução é o de soldado da PMPE. Os demais – auxiliar de legista, auxiliar de perito, papiloscopista, médico legista e perito criminal, da Polícia Científica – são de superior. No total, serão abertas 2.366 vagas: 1.500 para soldado da Polícia Militar, 316 para a Científica, além de 500 para agente e 50 para escrivão da Civil.

As comissões de concurso de cada órgão estão sendo montadas para elaboração do Termo de Referência do certame. O objetivo da comissão visa à contratação da instituição especializada que irá realizá-lo. Ambas serão responsáveis pela elaboração do edital. A previsão é que todas as fases dos concursos (provas de conhecimentos, testes físicos, médicos e psicológicos, e investigação social) ocorram no segundo semestre de 2015. O curso de Formação deverá acontecer no início de 2016. Os profissionais entram em exercício também no próximo ano.

Informações: Folha Pernambuco


 

28/05/15 - Herói ao salvar família de Angélica, piloto é afastado e fica desempregado

280915pilotoO piloto Osmar Frattini, 52 anos, chamado de herói após salvar os apresentadores globais Luciano Huck e Angélica, os três filhos do casal e duas babás, foi afastado do cargo pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Desempregado temporariamente, ele pode passar por dificuldades financeiras. Frattini precisar realizar exames para recuperar a carteira desaúde, que foi o documento suspenso após o pouso forçado na manhã de domingo em Campo Grande.

Conforme o piloto, é padrão da Anac suspender a carteira de saúde após situações como a que ele passou no domingo (24), quando o avião que ele pilotava, modelo EMB 821, conhecido pelo nome de Carajá, sofreu uma pane e ele precisou realizar um pouso de emergência.

"Agora eu preciso passar por uma bateria de exames, tudo de novo ", contou. O problema é que os exames só podem ser realizados em São Paulo e no Rio de Janeiro, sendo que a Anac deve marcar as datas, ou seja, ele ainda não sabe quando conseguirá voltar ao emprego. "Eles pagam a revalidação da carteira, mas como tenho que fazer tudo de novo, eu terei que pagar todos os exames", comentou Frattini, sobre outros entraves.

Ele ainda explicou que não possui salário fixo, ganhando 10% sobre o valor pago pelo voo. "É difícil. É uma profissão sacrificada. Temos um gasto grande para ser piloto e somos mal remunerados", analisou.

Osmar revelou que possui dois filhos, sendo que os dois estão em uma faculdade, sendo medicina e direito. Ele paga, em média, pela estadia da filha em Santa Catarina, onde cursa medicina, R$ 7 mil mensais, mas conseguiu um desconto pelo FIES (Fundo de Financiamento Estudantil). Em Campo Grande tem um gasto médio de R$ 1,1 mil com a faculdade de direito. "Estou com dívidas, com o cartão de crédito quase estourando. Só eu trabalho em casa", expôs o piloto, sobre a atual a situação, que pode ser agravar com o afastamento.

"Posso perder o FIES, caso fique com o nome sujo e não posso perder", lamentou.

Pane – A família de Luciano Huck embarcou na cidade de Miranda, distante a 201 km de Capital, onde Angélica gravava cenas do programa "Estrelas", com destino ao Aeroporto Internacional de Campo Grande. A 10 minutos de Campo Grande, uma luz amarela indicou que havia uma pane na bomba de combustível.

Imediatamente, o piloto mudou bomba de combustível, mas o problema persistiu. "Eu acredito que seja algo no filtro de combustível. Era um avião normal, revisado. Nós temos uma oficina própria", analisou Osmar.

O avião começou a perder velocidade e altura rapidamente, então, para não se chocar contra morros que estava mais a frente, o piloto decidiu pousar na Fazenda Palmeira, na rodovia MS-080. "Não quis que isso acontecesse, não foi por minha culpa. Estou muito arrasado com a situação", comentou Osmar sobre o seu primeiro acidente em 31 anos de experiência.

Sobre sua internação na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário, o piloto se indignou com o descaso com a saúde. "Precisou o Luciano e o governador intervirem para que eu pudesse ser transferido para a Santa Casa", criticou Osmar.

Osmar ficou feliz em ter ajudado a família de apresentadores. "Fui totalmente amparado pelo Luciano. Ele me ligou várias vezes. Ele foi dez, foi um paizão", finalizou.

Em entrevistas ontem, Luciano e Angélica elogiaram a atuação do piloto e destacaram a rapidez e a perícia do piloto, que evitou uma tragédia ao realizar o pouso forçado na fazenda.

http://www.campograndenews.com.br/


 

27/05/15 - Câmara aprova fim da reeleição para presidente, governador e prefeito

Antes, Câmara aprovou doação de empresas a partidos, não a candidatos. Texto completo da reforma política ainda terá que ser votado em 2º turno.

Nathalia Passarinho - Do G1, em Brasília

270515fimreelei

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (27), por 452 a favor, 19 contra e uma abstenção, como parte das votações da reforma política iniciadas nesta semana, o fim da reeleição para presidente da República, governador e prefeito.

O texto, de autoria do relator, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), não altera o tempo atual de mandato (quatro anos), mas, nesta quinta-feira (28), o plenário analisará a ampliação da duração do mandato para cinco anos. Antes de votar o fim da reeleição, os deputados rejeitaram ofinanciamento exclusivamente público das campanhas e aprovaram a doação de empresas a partidos, mas não a candidatos.

A proposta de emenda à Constituição que altera as regras políticas e eleitorais começou a ser votada no plenário nesta terça (26). Por decisão dos líderes partidários, cada ponto da PEC, como o fim da reeleição, será votado individualmente, com necessidade de 308 votos para a aprovação. Ao final, todo o teor da proposta de reforma política será votado em segundo turno. Se for aprovada, seguirá para análise do Senado.

Pelo texto aprovado pelos deputados, a nova regra de término da reeleição não valerá para os prefeitos eleitos em 2012 e para os governadores eleitos em 2014, que poderão tentar pela última vez uma recondução consecutiva no cargo. O objetivo desse prazo para a incidência da nova regra foi obter o apoio dos partidos de governantes que estão atualmente no poder.

Durante a votação em plenário, os líderes de todos os partidos orientaram que os deputados das bancadas que votassem a favor do fim da reeleição.

"O entendimento da nossa bancada é que [a reeleição] foi um instrumento que não se mostrou produtivo para o nosso país", disse o líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ).

Também defensor do fim da reeleição, o líder do Solidariedade, Arthur Maia (BA), argumentou que o uso da máquina pública pelo governante que está no poder torna desigual a disputa com outros candidatos.

"É desigual e injusto alguém disputar eleição contra o governante que está no poder com todos os favorecimentos que este poder proporciona", discursou.

O líder do PT, Sibá Machado (AC), defendeu o fim da reeleição, com a manutenção do mandato de quatro anos.

"Nossa bancada vai orientar o voto sim, pelo fim da reeleição. Todos nós sabemos que a reeleição foi introduzida por um governo do PSDB", declarou.

O PSDB também defendeu acabar com a possibilidade de reeleição, ressaltando porém, que essa regra "cumpriu o seu papel histórico".

"A avaliação da bancada é que devemos caminhar para um novo ciclo, pelo fim da reeleição com mandato de cinco anos. Amanhã [quinta[, discutiremos o período do mandato", disse o deputado Marcus Pestana (PSDB-MG).


 

27/05/15 - Cunha recebe pedido de impeachment contra Dilma e manifestantes comemoram

20150527214054676285edilma

Integrantes da Marcha pela Liberdade que encerraram nesta quarta-feira (27) a marcha em Brasília protocolaram um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) junto à presidência da Câmara dos Deputados. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que irá submeter o pedido à assessoria técnica e jurídica da Casa para avaliar se deve ou não por o documento em tramitação. Para Kim Kataguiri, um dos líderes da marcha, a promessa de que Cunha não irá "engavetar" o pedido é considerada uma vitória.

A Marcha pela Liberdade começou no dia 24 de abril, em São Paulo, e percorreu pelo menos mil quilômetros entre a capital paulista e o Distrito Federal. A caminhada foi organizada por diversos movimentos sociais contrários ao governo da presidente Dilma, como o Movimento Brasil Livre.

Nesta quarta-feira, um grupo de pelo menos 300 pessoas participou de um protesto em frente ao Congresso Nacional pedindo o impeachment da presidente.

Entre as alegações do documento que pede o impeachment de Dilma estão as chamadas manobras fiscais, conhecidas também como "pedaladas", criticadas pelo TCU (Tribunal de Contas da União).

Um grupo liderado por Kim Kataguiri foi recebido pelo presidente da Câmara por quase uma hora. Ao final da reunião, Cunha disse que não pode, de antemão, se pronunciar sobre o pedido, mas que irá encaminhá-lo aos departamentos técnico e jurídico da Casa para só então se manifestar sobre o caso.

"No momento em que eu recebo uma situação completa, tenho que respeitar e examinar , não vou me pronunciar. Vou mandar examinar e me pronunciar depois", afirmou Cunha.

Logo que assumiu a presidência da Câmara, Cunha se manifestou contrário à instauração de processos de impeachment contra a presidente.

Ontem, líderes de partidos de oposição entraram com pedido na Procuradoria-Geral da República para que abra uma investigação penal contra Dilma para apurar as chamadas "pedaladas fiscais". Segundo a oposição, que antes defendia o ingresso de um pedido de impeachment, a investigação pode levar ao afastamento da presidente.

O recuo de líderes do PSDB, principal partido de oposição ao governo, foi criticado por Kim Kataguiri. Ele disse que o recuo de senadores como Aécio Neves (PSDB-MG), Aloysio Nunes (PSDB-SP) e José Serra (PSDB-SP) mostraria que os tucanos não estariam atendendo aos "anseios populares".

"A gente acredita que o senador Aécio Neves, assim como Aloysio Nunes e José Serra, estão mais preocupados com as próximas eleições do que com os anseios populares (...) não queremos tê-lo (Aécio Neves) como inimigo, mas se ele continuar se recusando a receber a pauta das urnas, vamos ter que continuar mantendo a pressão neles", afirmou Kataguiri.

Um pedido de impeachment deve apontar evidências de que a presidente cometeu crime comum (homicídio ou roubo, por exemplo) ou crime de responsabilidade como improbidade administrativa ou atos que coloquem em risco a segurança nacional.

noticias.uol.com.br


 

27/05/15 - ATENÇÃO: ESSA MATÉRIA CONTÉM IMAGENS FORTES

Rebelião na Funase de Caruaru é controlada e deixa nove feridos. Motim começou por volta das 18h30

270515FUNASE 1

Os adolescentes internos da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, se rebelaram, na noite desta quarta-feira. Os reeducandos atearam fogo em colchões e outros objetos e bloquearam o acesso às alas. Informações não oficiais apontaram pelo menos três mortos, incluindo uma decapitação. No entanto, a Funase confirmou apenas nove feridos e disse que o tumulto já foi controlado.

Mais de dez viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros foram deslocadas para a ocorrência. Por volta das 19h30, os agentes de segurança entraram na unidade do Centro de Atendimento Socioeducativo e conseguiram apagar o fogo e controlar a rebelião.

Segundo a Funase, os feridos foram de duas alas e foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Após o controle do motim, a Polícia Militar deu início à varredura do Case. A Funase adiantou que a unidade tem capacidade para cem internos, mas não disse quantos estão abrigados atualmente. Todos os reeducandos têm idades entre 12 e 18 anos.

IMAGENS MUITO FORTES


 

27/05/15 - GIROSERTÃO mudará padronização

2giroprod

O http://www.girosertao.com.br/, informa que a partir de JUNHO/2015, passará a realizar Coberturas/Matérias única e exclusivamente de eventos positivos. Não mais de noticias policias e (imagens fortes). Optamos por imagens festivas e construtivas. Não mais teremos imagens de violência em nosso site, A PARTIR DE JUN 2015

Pedimos desculpas aos nossos visitantes, que em nosso pouco tempo, nos fizeram atingir o recorde de 3.011.483 (Três milhões, onze mil, quatrocentos e oitenta e três visitantes).

De Coração., OBRIGADO A TODOS

(Nossa decisão será concretizada de acordo com a aceitação de nossos fieis visitantes, podendo ser avaliada pelo público e reativada ao módulo vigente, permanecendo inalterável),

Att: Clodualdo Marques

Redator do http://www.girosertao.com.br/


 

27/05/15 – Ipubí-PE: Motociclistas fingem abastecer em posto e atiram no frentista.

270515mp 1

270515mp 2

Na madrugada desta quarta-feira, dia (27), por volta das 00:40, aconteceu mais um homicídio no interior de um posto de combustível localizado às margens da Rodovia PE-630 no perímetro urbano da cidade de Ipubi, no sertão de Pernambuco. Segundo informações da polícia, Ailton Pereira Monteiro, balconista, de 30 anos, se encontrava trabalhando na loja de conveniência do posto quando chegaram ao estabelecimento dois indivíduos desconhecidos em uma motocicleta modelo BROS de características anotadas.

De acordo com a polícia, enquanto o condutor simulava a intenção de abastecer a motocicleta, o passageiro desembarcou, e efetuou vários disparos contra a vítima que veio a óbito no local. Após o crime, os homicidas fugiram tomando destino ignorado. A vítima tinha uma tatuagem de palhaço desenhada no corpo. (Que na gíria criminosa significa "Matador de Polícia"). Pra polícia, o motivo e autoria do crime ainda é desconhecida. O caso está sendo investigado por policiais civis da Divisão de Homicídios da 24ª DESEC de Araripina-PE.


 

27/05/15 – São Bento do Una-PE: Adolescente comete suicídio ao pular de torre

270516adolescente-comete-suicidio-em-sao-bento-do-una-2-620x467

Um adolescente de 16 anos cometeu suicídio na noite desta terça-feira (26) em São Bento do Una no Agreste de Pernambuco. De acordo com informações da Polícia Militar a vítima Anderson Sousa Rodrigues, subiu em uma torre de telefonia de aproximadamente 30 metros e pulou, o fato aconteceu no Povoado Pimenta, o pai do adolescente que esteve no local revelou que ele já havia subido na torre outras vezes, no local compareceram a policiais militar, civil e corpo de bombeiros, o corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) em Caruaru.

http://agresteviolento.com.br/


 

27/05/15 - Três assaltantes morrem em confronto com a polícia em Ibicaraí

270515mpgsalomenia

Na cidade de Ibicaraí a 40 km de Itabuna três assaltantes morreram durante confronto com a polícia, na terça-feira (26) e um deles fugiu baleado. De acordo com informações policiais, os assaltantes roubaram um veículo na cidade de Camacan (Fiesta preto NTL-3068, de Itapebí) e seguiram para Salomeia, distrito de Ibicaraí, onde tentaram assaltar um mercado. Durante perseguição policial, os acusados trocaram tiros com a polícia, foram baleados e socorridos ao hospital, mas vieram a óbito.

Na ação três armas foram apreendidas e os corpos identificados apenas por apelidos de dois: Leléu e Pôco. Após a constatação do óbito dos bandidos, eles encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna, para serem identificados por parentes e posteriormente liberados para sepultamento.

(http://tomribeiro.blog.br/)

click aqui - fortes imagens


26/05/15 - Italiano condenado por chefiar máfia é preso no Recife pela Interpol e PF

Pasquale Scotti tinha CPF e título de eleitor e se dizia empresário.
Ele é acusado de extorsão, mais de vinte homicídios e porte ilegal de armas.

Do G1 PE*

260515pasquale scotti 1

O italiano Pasquale Scotti, de 56 anos, condenado à prisão perpétua por ligação com a máfia, foi preso no Recife nesta terça-feira (26), mais de vinte anos depois de ser condenado pela Justiça de seu país. A ação foi realizada, em conjunto, pela Polícia Federal (PF) e Interpol. Scotti prestou depoimento por cerca de quatro horas, na sede da PF, de onde foi levado para o Instituto Médico Legal, para realização do exame de corpo de delito. Depois, ele voltou para a superintendência da Polícia Federal, onde está à disposição da Justiça. As autoridades italianas darão início ao processo de extradição.

260515pasquale scotti 3Segundo a PF, Scotti é chefe da máfia e estava foragido desde 1984 -- inicialmente, a Polícia Federal informou que ele era considerado foragido desde 1986. O mafioso italiano foi condenado em 2005 à prisão perpétua pela morte de 26 pessoas, mas estava desaparecido desde dezembro de 1984, quando fugiu da cadeia após ser detido por ligação com a máfia. Ele tem ainda condenações em 1991 por porte ilegal de arma de fogo, resistência, extorsão e vários homicídios, cometidos entre 1980 e 1983. O pedido de prisão foi feito pelos delegados federais da Interpol e autorizado pelo Supremo Tribunal Federal em menos de 24h.

Scotti tem dois filhos com uma brasileira -- dois meninos -- e foi preso quando os levava à escola. Ele se apresentava como Francisco de Castro Visconti, se dizia empresário, dono de uma empresa de importação de alimentos e entretenimento e sócio de uma boate. Ele morava há 28 anos no bairro do Sancho, Zona Oeste do Recife.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, o italiano usava identidade falsa, tinha CPF e até título de eleitor ilegais. A identificação dele foi possível pela comparação de impressões digitais, mas os detalhes sobre a família não serão divulgados. À PF, ele disse que a família brasileira não sabia de sua identidade real e que resolveu fugir da Itália para não ser morto.

"Era um dos líderes da Camorra, uma das máfias italianas e foi condenado à prisão perpétua por mais de 20 homicídios na Itália em razão da organização criminosa. Nós vamos continuar a investigação para saber quem que deu suporte, quem deu esse apoio logístico durante anos todos a ele para, eventualmente, identificar as pessoas e desarticular esse grupo", afirmou o superintendente da Polícia Federal em Pernambuco, Marcelo Diniz Cordeiro.

260515pasquale scotti 2

PF divulgou documentos utilizados por Pasquale Scotti no Brasil (Foto: Divulgação / Polícia Federal)

Ação na máfia
Segundo o diretor da Interpol na Itália, Genaro Capulongo, Scotti era o braço direito de Rafaelle Cutolo, fundador e líder da Nuova Camorra Organizzata. Ele teria tanto participado quanto ordenado os 26 assassinatos pelos quais foi condenado.

Chefe da Interpol no Brasil, o delegado da Polícia Federal Valdecy Urquiza Junio afirmou que o homem aparentemente passou por cirurgias estéticas. "Ele disse em depoimento que fazia questão de esquecer do passado dele, que Pasquale Scotti não existia mais para ele, apenas Francisco de Castro", disse.

A Polícia Federal investiga se as empresas comandadas por Scotti no Brasil eram usadas para lavar dinheiro. A apuração apontou haver indícios de que ele recebia dinheiro de instituições italianas.

* Colaborou Vianey Bentes, da TV Globo, em Brasília.

26/05/15 - Comissão aprova adicional de periculosidade para profissionais de segurança pública

Adicional será de, no mínimo, 30% sobre a remuneração total do profissional

260515stgonzaga

Subtenente Gonzaga: proposta beneficiará policiais dos estados que ainda não regulamentaram o adicional

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados aprovou, na última quarta-feira (20), o Projeto de Lei 193/15, que garante aos integrantes do sistema de segurança pública de todo o País o adicional de periculosidade.

De autoria do deputado Major Olimpio (PDT-SP), a proposta regulamenta o artigo da Constituição que prevê que lei disciplinará a organização e o funcionamento dos órgãos responsáveis pela segurança pública.

De acordo com a Constituição, são órgãos da segurança pública: a Polícia Federal; a Polícia Rodoviária Federal; a Polícia Ferroviária Federal; as polícias civis; as polícias militares e corpos de bombeiros militares. Atualmente, o adicional de periculosidade é limitado aos trabalhadores da iniciativa privada que trabalham em contato permanente com inflamáveis, com explosivos, com radiação e eletricidade.

Pelo texto, cada estado vai estabelecer o valor do adicional, desde que observado um percentual mínimo de 30% sobre a remuneração total, excetuadas as vantagens de natureza pessoal.

O projeto também prevê que esses profissionais serão considerados de atividade típica de Estado – ou seja, integrantes de um núcleo de atividades exclusivas que só o Estado pode realizar.

Emendas
O parecer do relator, deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG), foi favorável, com complementação de voto e emendas. "A lacuna legislativa sobre o assunto tem desestimulado os policiais dos estados que ainda não regulamentaram essa situação, o que causa verdadeira assimetria entre os integrantes dos órgãos de segurança pública no Brasil", salientou.

Uma das emendas estabelece que a atividade dos policiais legislativos federais, integrantes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, também é considerada típica de Estado para todos os efeitos legais. Outra emenda assegura aos profissionais desses órgãos, inclusive inativos, além dos inativos de todos os órgãos de segurança pública, o adicional de periculosidade, nos percentuais a serem definidos na legislação do respectivo ente federado.

Além disso, foi aprovada emenda que estende o adicional de periculosidade aos agentes penitenciários e carreiras correlatas.

Outra emenda aprovada conceitua profissão perigosa e penosa como aquela desenvolvida pelo profissional integrante dos órgãos de segurança pública no desempenho das operações que lhes são inerentes, pelo seu desgaste orgânico e danos psicossomáticos sofridos em decorrência da violência física e psíquica que estão sujeitos quando da preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

Regras
Pela proposta, o adicional de periculosidade será devido ainda que a atividade seja exercida a título de capacitação ou treinamento, assim como para a atividade que envolva a execução de tiro real, porte de arma ou manuseio de explosivos ou inflamáveis. O servidor continuará recebendo o benefício nos casos de afastamentos decorrentes de acidente em serviço, de moléstia contraída no exercício da função e durante os afastamentos legais de até 30 dias.

Tramitação
A proposta tem caráter conclusivo e ainda será votada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

PL-193/2015

Fonte: http://www2.camara.leg.br/

Reportagem – Lara Haje
Edição – Pierre Triboli


 

hinode-17-09-2014

bannher-galerria-clique-aqui

 padroeira_salgueiro.gif

ALENCAR-NOVO-GIF

banner galeria-lateal

anuncia-aqui-preto

anuncia-aqui-vermelho

ferreiranet27-09-2014

tornearia-menezes2

anuncia-aqui-vermelho

3025905
Hoje
Ontem
Esta Semana
Este Mês
Mês Passado
Desde Abril-2013
193
10880
40146
202530
218275
3025905

16.53%
46.43%
5.26%
2.98%
0.77%
28.03%

Seu IP:54.147.220.66

banner galeria-lateal